Imagem capa - Boutonniere ou flor de lapela: descubra o que é e por que você deve seguir essa tradição  por Nikollas Campos
NoivoDicas para o grande dia

Boutonniere ou flor de lapela: descubra o que é e por que você deve seguir essa tradição


Lapela para Padrinhos

A flor que é colocada na lapela, também chamada de boutonnière, é uma tradição que surgiu para diferenciar noivos, padrinhos e os pais dos noivos do restante dos convidados e demonstrar a importância que eles têm nesse dia.  Para alguns, aquela pequena flor, com aproximadamente 5cm de altura por 3cm de largura, pode ser um mero detalhe, mas, é uma maneira de os noivos se homenagearem e mostrarem a sintonia do casal. Ela com o buquê e ele com a lapela. 

A tradição:

Essa tradição teve início no século XIX, durante o noivado do príncipe Albert com a Rainha Vitória, que lhe ofertou um pequeno ramalhete de suas flores preferidas e não sabendo onde colocá-lo, o príncipe utilizou um canivete para abrir um pequeno corte na lapela de seu paletó. E neste corte, ele introduziu o delicado ramalhete.

Desta forma, surgiu aquele pequeno orifício na lapela do paletó, que passou a ser indicado pelos alfaiates da época, e, desde então, tornou-se uma refinada tradição os noivos no dia do casamento usarem uma flor na lapela presa ao lado esquerdo do paletó com um alfinete pequeno, por ser elegante e também por simbolizar todo o romantismo do momento.

Flor na lapela é um acessório mínimo e importante; é chique, elegante e estiloso, que já conquistou os amantes, uma vez que, em média 80% dos noivos e padrinhos já usam flor de lapela. E isso, independente do traje escolhido pelo noivo, seja ele meio fraque, fraque ou terno, já que a flor combina com todos.

Geralmente, as flores dos pais e padrinhos são iguais, e a do noivo diferente, já que o destaque da festa deve ser ele. Sendo o cravo branco para o noivo e cravo vermelho para os padrinhos o mais tradicional. Entretanto, quando os trajes do noivo e dos padrinhos e pais é diferenciado não há a necessidade de diferenciação das flores. 

Caso não vá pelo tradicional, não se preocupe em escolher uma flor da lapela do mesmo tipo do buquê da noiva. Também não precisa combinar com a decoração, não tem que combinar com a noiva, embora isso possa acontecer. 

O que não deve ser esquecido é que precisa entrar em sintonia absoluta com o estilo do traje do noivo. E essa sintonia vai depender da harmonia de cores entre: gravata + camisa + blazer + flor, o que não significa, necessariamente que a cor deve ser a mesma para esses elementos, mas combinar. Além disso, caso seja preferência dos noivos utilizar lenço à flor,  é indicado que este escolha apenas uma das opções. 

Ao escolher a flor de lapela, lembre-se também de que, aqueles que usarão esta, serão cumprimentados durante a cerimônia e festa, por isso, escolha flores mais “durinhas” para que fiquem “intactas” até o final. 

Se não optar pelos cravos, considere algumas flores e seus aspectos e significados na hora de escolher sua flor de Lapela: 


Mini rosa – símbolo do amor e da paixão, são flores tradicionalmente usadas em casamentos e comemorações de casais. Marcantes pelo cheiro agradável que exalam.

Mini Callas – símbolo de sofisticação, as mini callas são muito usadas por possuírem haste comprida. Amarradas com uma fita, formam uma flor de lapela chique e moderna. Entretanto, são flores que custam um pouco mais caro.

Orquídeas – representam delicadeza e graciosidade. Por ser uma espécie mais frágil, pode murchar facilmente. Também é uma flor mais cara, e alguns tipos raros podem elevar ainda mais o valor desta flor.

Jasmim – símbolo de sorte, doçura e alegria. Por possuir perfume marcante, que se acentua durante a noite, pode ser uma boa pedida para festas neste horário.

Angélica – Harmonia, união e paz. Essa espécie floresce no fim do verão e dura o outono todo. Exala um cheiro muito gostoso à noite, e também pode ser uma boa pedida para festas neste horário.

 Alstroemeria - símbolo de amizade e lealdade, são flores muito bonitas, coloridas e alegres. Mas cuidado! Por possuírem cores vibrantes, podem atrair abelhas. Com pétalas finas, podem amassar facilmente.

 Suculentas – A novidade agora é a lapela de suculentas. São plantas resistentes, que dão um aspecto chique e rústico ao mesmo tempo. Boa pedida para noivos que escolhem o estilo vintage de casamento.

Flor Mosquitinho – a espécie Gipsófila é uma flor muito usada em casamentos, e traduz ternura. São flores bem resistentes, demoram a murchar, e dão um ar chique e simples à decoração.

E aí? Já sabe qual escolher? Conta pra gente!